O Sindicato

Histórico

Em 1945, a pedido da Associação Profissional das Empresas Cinematográficas, foi criado o Sindicato das Empresas Cinematográficas do Rio de Janeiro que, em 30 de setembro de 1952 teve sua base ampliada para  âmbito nacional e passou a chamar-se Sindicato Nacional da Indústria Cinematográfica. Em 2000 recebe o nome de Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual.

Estatuto

Conforme o Estatuto, cabe ao sindicato “o estudo, coordenação, proteção e representação legal da categoria econômica da indústria cinematográfica, da indústria audiovisual, categorias similares e conexas, compreendendo assim, dentre outras, estúdios, produtoras de televisão, cinema e vídeo, laboratórios cinematográficos, empresas de dublagem, de finalização e de locação de equipamentos cinematográficos.” 

O Sindicato representa as empresas do setor audiovisual dos estados do Rio de Janeiro, Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Clique aqui para acessar o estatuto na íntegra.
Clique aqui para acessar a Ata de Alteração do Estatuto Social do Sindicato.

Missão

REPRESENTAR E DEFENDER OS INTERESSES DA INDÚSTRIA AUDIOVISUAL NOS ÂMBITOS GOVERNAMENTAL E PRIVADO.

Visão

ATÉ 2018 SER RECONHECIDO COMO A ENTIDADE REFERÊNCIA DO SETOR AUDIOVISUAL, TRABALHANDO NA CONSOLIDAÇÃO DE UM MODELO SUSTENTÁVEL PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA.

Destaque

O Rio de Janeiro é o maior Estado produtor de filmes do país, sendo responsável por aproximadamente 70% da produção nacional e, em 2006, segundo as fonte FilmeB e SAM/ANCINE, produziu filmes vistos por 93,3% do público total. O SICAV e associados são parte integrante desses números e da história do nosso cinema.