Com a palavra...

20/10/2016Um cinema brasileiro para sempre

“O cinema brasileiro nunca teve uma história fluente. Filmou-se e exibiu-se filmes no Brasil desde logo depois da invenção do cinema. Mas essa primeira onda de sucesso acabou-se em 1914, quando as potências internacionais em guerra tiveram que, para investir em suas armas, economizar a prata que servia à fabricação do negativo de filmes. Nos anos 1920, voltamos a produzir filmes em alguns lugares do Brasil, inclusive no nordeste, mas também logo se encerrou esse período. Seguiram-se os ciclos da chanchada e da Vera Cruz, que também duraram pouco, assim como o Cinema Novo nos anos 1960 e a Embrafilme na década seguinte.”